Vlog APRESENTAÇÃO

Olá leitores deste humilde blog. Hoje venho cá para trazer-vos o primeiro vídeo do vlog — agora finalmente no ar.
Um resumão do que eu falo nele: como vai ser, sobre o que eu vou falar e etc.
Sem mais demoras...

Porto Seguro (Luanne Rice)

Olá, leitores deste humilde blog!

Após já algum tempo, venho trazer uma review de livro e... bem, eu confesso que fiquei meio em dúvida se eu deveria realmente ou não falar dele, mas antes de qualquer juízo de valor, vamos à sinopse...

Porto Seguro (Luanne Rice)

Esta é capa da versão da Reader's Digest (uma coleção, na verdade, com três livros em um único)

Após o falecimento de sua irmã Lily, Dana Underhill decide pausar temporariamente sua carreira de artista plástica para se dedicar às suas sobrinhas Quinn e Allie. Porém, não se trata de um simples retorno, pois, além delas, um de seus ex-alunos, Sam, da época em que ela e a irmã ensinavam a velejar, também retorna e, a partir de então, tudo pode acontecer...

Porque pensei bem antes de falar sobre ele...

Como eu disse anteriormente, eu pensei muito antes de comentar este livro porque o achei simplesmente chato... É diferente, por exemplo, do que aconteceu com A Guardiã — Graveminder (clique aqui para ir para a review): apesar de não fazer meu estilo, o livro de Melissa Marr ainda era divertido de se ler — não era difícil e dava para o gasto. Este, no entanto, demorei não só tempo demais para terminar como parecia que o fim nunca chegaria...

Atenção! Não estou dizendo que romances românticos são chatos; estou a dizer que achei a forma como autora ou, ao menos, o tradutor escreve, chato.

Há livros e livros e, quem gosta de ler, sabe do que estou a falar: igual às pessoas, existem aqueles que nos atraem logo de cara e outros que... bem, nem mesmo insistindo damos conta de terminá-los.

Para completar, existem diversos clichês no texto e, claro, descrição e mais descrição de "como Dana sente-se a respeito de determinado fato e etc..."

Aos leitores mais exaltados daqui do EV que podem argumentar que esta review está muito superficial, eu respondo: "e bota superficial nisto": até tentei focar mais na obra e tudo o mais, todavia, não consegui e, quando percebi, já estava em modo automático. Por isso, caso você tenha gostado da obra, por favor, deixe seus comentários.

Caso você goste de romances açucarados regados com um pouco de mistérios e amores "além do tempo", Porto Seguro é o livro certo para você.

Então...

É isso, leitores.

Ah! Se você leu esta obra e discorda, por favor, deixe seu comentário, assim como compartilhe com seus amigos — isto não só ajuda o EV a crescer cada vez mais como contribui para eu continuar a trazer conteúdos interessantes aqui para vocês.

Até a próxima!

Comentários

  1. Olá!
    Eu também não sou muito fã de livros doces demais (mesmo que de vez em quando eu acabe precisando de um) e talvez sua leitura não tenha fluído por causa disso. Livros açucarados precisam ser lidos por quem realmente goste ou quando você está muito a fim de ler um livro desse tipo (minha opinião, ok?).
    Livros existem de várias formas, para todos os gostos, mas o importante é que você leu o livro e tem uma opinião própria sobre ele e você não ter gostado não faz do livro necessariamente ruim.
    Apesar do seu review ter sido bem superficial entendo completamente como é difícil escrever sobre um livro do qual você não conseguiu engatar a leitura.
    Foi bom ter conhecido esse livro. Obrigada pela dica de leitura. ;)
    Abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário